Plenário

Aprovado título de Cidadão a Itacir Amauri Flores

Defesa dos povos tradicionais de Matriz Africana. Na foto: Vereador Bernardino Vendruscolo
Vereador Bernardino Vendruscolo (PROS), autor do projeto de lei(Foto: Josiele Silva/CMPA)

A Câmara Municipal aprovou, nesta segunda-feira (19/12), o projeto de lei que concede o Título de Cidadão de Porto Alegre a Itacir Amauri Flores. O PL é de autoria do vereador Bernardino Vendruscolo (PROS) para homenagear o homem que “prestou relevantes serviços ao Estado e à cidade, sempre preocupado com a segurança dos cidadãos”.

Itacir Amauri Flores em Santiago (RS) em 19 de maio de 1957. Com 21 anos mudou-se para a Capital, para cursar a Academia de Polícia Militar (APM), e morou também nas cidades de Novo Hamburgo, Guaíba, Jaguari, Santiago e São Borja até retornar para Porto Alegre. Jornalista formado, ele ainda tem bacharelado em Direito e em Segurança Pública e pós-graduação em Direito Comercial, e é servidor de carreira na Brigada Militar, sendo oficial superior e servindo na Polícia do Exército.

O homenageado trabalhou na Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil e na Junta Comercial do Estado, foi coordenador do gabinete do ex-vereador Haroldo de Souza, supervisor de bancada do PMDB e coordenador da mesa legislativa da mesma bancada, além de comandar o gabinete do vereador Bernardino Vendruscolo na Câmara Municipal de Porto Alegre.

“Por isso, é uma alegria poder conceder o Título de Cidadão de Porto Alegre a alguém de estatura moral e política tão elevadas, que, com sua atuação séria e comprometida, ajudou no desenvolvimento e na segurança da cidade”, afirma Vendruscolo.

O Título de Cidadão de Porto Alegre destina-se a pessoas não nascidas na capital gaúcha que se destacaram em suas áreas de atuação e contribuíram positivamente com a sociedade. A distinção é entregue na forma de diploma e medalha com o brasão da cidade. 

Texto: Cleunice Maria Schlee (estagiária de Jornalismo)
Edição: Marco Aurélio Marocco (reg. prof. 6062)