Sessão solene

Escritor Jorge Luís Martins recebe Comenda Porto do Sol

Ex-morador de rua, Martins concluiu pós-graduação e publicou diversos livros e artigos.

  • Outorga da Comenda Porto do Sol ao escritor Jorge Luis Martins
    Martins recebe a Comenda, entregue por Ferronato (e) e Pujol (d)(Foto: Ederson Nunes/CMPA)
  • Outorga da Comenda Porto do Sol ao escritor Jorge Luis Martins
    Escritor defendeu mais investimentos em educação(Foto: Ederson Nunes/CMPA)

A Câmara Municipal de Porto Alegre entregou a outorga Comenda Porto do Sol, nesta sexta-feira (28/04) à noite, ao escritor e empresário Jorge Luís Martins. Na presidência da sessão, o vereador proponente, Airto Ferronato (PSB), apresentou a trajetória de Martins, desde a infância marcada pela vulnerabilidade social, exploração sexual, pelos maus tratos e o abandono, dormindo em carros abandonados e em cemitérios. 

Dessa maneira, Martins morou nas ruas de Novo Hamburgo e de Porto Alegre. Como resposta ao seu esforço, disse Ferronato, ele colheu muitos frutos. "Trabalhou de forma humilde e concluiu o ensino básico e o médio." Posteriormente, Martins colou grau superior, concluiu curso de pós-graduação e passou a escrever artigos e livros. “Ele merece homenagem da estatura da Comenda Porto do Sol por tratar-se de um cidadão com grande capacidade de superação”, elogiou Ferronato.

Conforme o vereador, Martins é um cidadão que soube romper todos os preconceitos para atingir os seus objetivos, num país onde a vida dos desassistidos no abandono é uma cruel rotina. "Todo mundo sabe que é muito fácil ver meninos e meninas vivendo nas ruas", lamentou o proponente.

Ao retribuir a homenagem, Jorge Luís Martins assinalou que estava vivendo "um dia especial" e que Ferronato é um vereador com o olhar voltado às camadas sociais menos favorecidas. Ele agradeceu ao vereador Reginaldo Pujol (DEM), também presente ao plenário, por ter alterado a sua agenda para participar da homenagem. "Pelas ruas de Porto Alegre vivem muitos como eu". Segundo Martins, é preciso olhar para essas crianças de hoje, que enxergam a realidade e entendem a dura trajetória de suas vidas. Para ele, investir em educação é a única maneira de retirar a infância das ruas.

Dentre suas obras publicadas, destacam-se: “Meu Nome é Jorge”, livro autobiográfico lançado em 2010; “O Menino da Caixa de Sapatos”, livro infanto-juvenil lançado em 2013; “O Menino e o Seu Segredo”, livro infantil lançado em 2014; e “A Amizade Torce por Todos os Times”, infantil de 2015. Martins estimula ainda a realização de feiras de livros no interior do Estado.

Jorge Luís Martins é um cidadão versátil. Além de escrever livros, exerce diversas atividades, tais como a de técnico em transações imobiliárias, empreendedor no ramo de locações de veículos, corretor de imóveis, psicopedagogo, palestrante, editor e colunista do jornal Gramado em Foco, na serra gaúcha. Também participaram da homenagem, familiares e amigos do homenageado.

Texto: Fernando Cibelli de Castro (reg. prof. 6881)
Edição: Carlos Scomazzon (reg. prof. 7400)