Plenário

Feira de Teresópolis será incluída no Calendário de Eventos da Capital

Votação do Projeto de Lei que regulamenta o transporte individual por aplicativos. Na foto: vereador Cassiá Carpes
Cassiá Carpes (PP) assina o projeto(Foto: Leonardo Contursi/CMPA)

Está em tramitação na Câmara Municipal de Porto Alegre projeto de lei de autoria do vereador Cassiá Carpes (PP) que institui e inclui o evento Feira Praça Viva no Calendário de Eventos de Porto Alegre e Calendário Mensal de Atividades de Porto Alegre, em um domingo de cada mês. O evento será realizado na Praça Guia Lopes, Bairro Teresópolis.

A Feira Praça Viva será constituída por artesãos e pessoas de grupos de produção do Município de Porto Alegre e Região Metropolitana, sendo incluídos em cadastro único. Fica garantida também a ocupação de, no mínimo, 10% dos boxes por pessoas com deficiência, independentemente das atividades que desenvolvam, de acordo com o interesse.

A Feira Praça Viva já existe desde outubro de 2015, com dois importantes objetivos: incentivar o uso do espaço público de forma positiva e tirar a comunidade de casa para interagir com amigos e vizinhos, pelo menos uma vez por mês, tendo em vista que a falta de segurança e o aumento da criminalidade têm assustado as pessoas, fazendo com que fiquem mais em casa. De acordo com Cassiá, a Praça Viva já é uma feira consolidada no Bairro Teresópolis e o objetivo do projeto é regulamentá-la e torná-la mais conhecida também por pessoas de outros bairros que queiram participar.

Atualmente, a Feira Praça Viva conta com expositores de Porto Alegre, Canoas e Alvorada. São bancas de artesanato e gastronomia, contando também com brechós, brinquedos infláveis, livros, terapias alternativas e cosméticos. Paralelamente, a Feira Praça Viva abre espaço para atrações culturais como danças (ciganas, do ventre) e músicas (capoeira, zumba).

O evento tem o apoio da Associação Comunitária do Bairro Teresópolis (ACBT) e do jornal Nosso Bairro. São contratados no período da Feira Praça Viva dois banheiros químicos e dois seguranças para garantir o lazer, conforto e tranquilidade aos participantes.

Texto: Matheus Lourenço (estagiário de Jornalismo)
Edição: Marco Aurélio Marocco (reg. prof. 6062)