Sessão Solene

Fundador da AMMPA recebe o título de Cidadão de Porto Alegre

Sessão Solene de outorga do Título de Cidadão de Porto Alegre ao senhor Odir Otto Fetzer. Na foto, ao microfone, Odir Otto Fetzer, o homenageado.
Fetzer é o mais novo Cidadão de Porto Alegre(Foto: Andielli Silveira/CMPA)
A Câmara Municipal de Porto Alegre entregou hoje (10/4), no Plenário Otávio Rocha, o título de Cidadão ao comerciante Odir Otto Fetzer. A homenagem a Fetzer foi proposta pelo vereador Mauro Pinheiro (Rede) e aprovada por unanimidade pelo Plenário da Casa.

Fetzer desde 1973 trabalha com um minimercado. “Sempre colaborou com a união dos pequenos comércios da cidade”, lembrou Mauro Pinheiro, ao destacar ainda que o homenageado foi o primeiro a ingressar na Associação dos Minimercados de Porto Alegre (AMMPA) em 2003, tendo sido ainda o primeiro presidente dessa entidade, cargo novamente ocupado nos anos de 2017/2018. “Mesmo com dificuldades, mas salientando um trabalho sério, a AMMPA vem crescendo e hoje conta com 20 empresas supermercadistas associadas”, cita ainda o vereador.

Pinheiro relembrou ainda que foi Fetzer quem o incentivou, em 2004, a ingressar na política. "Foi graças a ele que acabei me tornando vereador anos mais tarde. É um privilégio ser amigo de Fetzer, pois se trata de uma pessoa que luta com muita garra para termos uma Porto Alegre melhor."

Homenageado

Fezter agradeceu a Pinheiro e a toda a equipe da AMMPA. "Sem a AMMPA, o Odir não existiria", observou, lembrando que luta pela melhoria das condições dos pequenos comerciantes desde 1976. O homenageado destacou que Porto Alegre já teve mais de cinco mil pontos de pequeno comércio e hoje possui menos de dois mil. Por isso, reforçou, a união dos comerciantes é cada vez mais importante para se manterem na atividade. 

Na cerimônia, Fezter também falou do futuro da AMMPA, fundada há 15 anos. E ressaltou o lançamento, em breve, de uma cooperativa de crédito da associação. "Com a cooperativa, teremos melhores condições para oferecer aos nossos associados."


Texto: Helio Panzenhagen (reg. prof. 7154)
          Marco Aurélio Marocco (reg. prof. 6062)
Edição: Marco Aurélio Marocco (reg. prof. 6062)