Sessão Especial

Mônica Leal toma posse na Presidência da Câmara

A vereadora do PP é a quarta mulher a presidir o Legislativo de Porto Alegre em 245 anos de história

  • Sessão Especial de posse da Mesa Diretora 2019.
    A vereadora com Nagelstein, o prefeito Marchezan e o governador Leite (d)(Foto: Leonardo Contursi/CMPA)
  • Sessão Especial de posse da Mesa Diretora 2019.
    Mônica com a mãe, Carmen Leal, e colegas vereadores na hora do Hino Nacional (Foto: Tonico Alvares/CMPA)

Na presença do governador Eduardo Leite, do prefeito Nelson Marchezan Júnior e demais autoridades políticas, civis e militares, foi empossada, na tarde desta quinta-feira (3/1), a nova Mesa Diretora da Câmara Municipal de Porto Alegre. Mônica Leal (PP) substitui Valter Nagelstein (MDB) na presidência e irá comandar o Legislativo em 2019. 

A sessão especial começou sob a presidência de Nagelstein. Antes de dar posse ao novo comando da Casa, ele apregoou os pedidos de renúncia de mandato, a partir de 31 de janeiro, dos vereadores eleitos deputados estaduais Elizandro Sabino (PTB) e Dr. Thiago Duarte (DEM). Ainda foi votada e aprovada a alteração na liderança da bancada do PSOL, com a indicação de Prof. Alex Fraga (líder) e Roberto Robaina (vice-líder). Rodrigo Maroni (Pode), também eleito para a Assembleia, e Fernanda Melchionna (PSOL), para a Câmara Federal, já haviam apresentado pedido de renúncia na última sessão de 2018. 

Seis integrantes

Sob aplausos de um plenário lotado, Nagelstein deu posse à nova Mesa Diretora. Juntamente com Mônica Leal, comandarão os trabalhos do Legislativo da Capital os vereadores Reginaldo Pujol (DEM) na 1ª vice-presidência e Mendes Ribeiro (MDB) na 2ª vice-presidência. Também integram o comando do Legislativo os vereadores Alvoni Medina (PRB), na 1ª secretaria; Paulo Brum (PTB), na 2ª secretaria; e Paulinho Motorista (PSB), na 3ª secretaria.

A vereadora do PP é a quarta mulher a comandar o Parlamento da cidade em 245 anos de história e a primeira que não pertence ao Partido dos Trabalhadores. Presidiram a Casa, antes dela, as vereadoras Margarete Moraes, Maria Celeste e Sofia Cavedon, todas do PT. Eleita depudata estadual, Sofia deixará a Câmara Municipal em 31 de janeiro, quando toma posse na Assembleia.   

Já sob a presidência de Mônical, tomaram posse os integrantes da Comissão Representativa, que atua nos períodos de recesso. Igualmente, foram anunciados os representantes de cada uma das seis comissões permanentes. 

Comissão Representativa: Adeli Sell (PT), Aldacir Oliboni (PT), Alvoni Medina (PRB), André Carus (MDB), Cássio Trogildo (PTB), Clàudio Janta (SD), Felipe Camozzato (Novo), José Freitas (PRB), Márcio Bins Ely (PDT), Mendes Ribeiro (MDB), Moisés Barboza (PSDB), Mônica Leal (PP), Paulinho Motorista (PSB), Paulo Brum (PTB), Prof. Alex Fraga (PSOL), Professor Wambert (Pros), Reginaldo Pujol (DEM), Ricardo Gomes (PP) e Rodrigo Maroni* (Pode). 

Comissão de Constituição e Justiça (CCJ): Adeli Sell (PT), Cássio Trogildo (PTB), Cláudio Janta (SD), Márcio Bins Ely (PDT), Mendes Ribeiro (MDB), Reginaldo Pujol (DEM) e Ricardo Gomes (PP).

Comissão de Economia, Finanças, Orçamento e do Mercosul (Cefor): Airto Ferronato (PSB), Felipe Camozzato (Novo), Idenir Cecchim (MDB), João Carlos Nedel (PP) e Mauro Pinheiro (Rede).

Comissão de Urbanização, Transportes e Habitação (Cuthab): Dr. Goulart (PTB), Fernanda Melchionna (PSOL)*, Paulinho Motorista (PSB), Professor Wambert (Pros), Roberto Robaina (PSOL) e Valter Nagelstein (MDB).

Comissão de Educação, Cultura, Esportes e Juventude (Cece): Alvoni Medina (PRB), Cassiá Carpes (PP), Mauro Zacher (PDT), Prof. Alex Fraga (PSOL) e Sofia Cavedon (PT)*.

Comissão de Defesa do Consumidor, Direitos Humanos e Segurança Urbana (Cedecondh): Cláudio Conceição (DEM), Comandante Nádia (MDB), Elizandro Sabino (PTB)*, João Bosco Vaz (PDT), Marcelo Sgarbossa (PT) e Moisés Barboza (PSDB).

Comissão de Saúde e Meio Ambiente (Cosmam): Aldacir Oliboni (PT), André Carús (MDB), Dr. Thiago (DEM)*, José Freitas (PRB), Paulo Brum (PTB) e Rodrigo Maroni (Pode)*.

* Em função da eleição de vereadoras e vereadores para a Câmara Federal (Fernanda Melchionna) e para a Assembleia Legislativa (Dr. Thiago Duarte, Elizandro Sabino, Rodrigo Maroni e Sofia Cavedon), a composição das comissões será redefinida. Assumirão em seus lugares, respectivamente, Karen Santos (PSOL), Nelcir Tessaro (DEM), Rafão Oliveira (PTB), Hamilton Sossmeier (PSC) e Engenheiro Comassetto (PT).

Entre as autoridades presentes, também prestigiaram o ato de posse da nova Mesa Diretora o deputado estadual Maurício Dziedrick (PTB), representando a Assembleia Legislativa; o comandante militar do Sul, general Geraldo Antônio Miotto; o presidente do Tribunal de Contas do RS, Iradir Pietroski; e o presidente nacional da OAB, Cláudio Lamachia. 

A presidente de 2019

Mônica Leal é natural de Porto Alegre (RS), filha de Carmen Ibañez e de Pedro Américo Leal, militar carioca que chegou ao Rio Grande do Sul em 1944. Devido à carreira do pai, ainda criança morou na Vila Militar de Rezende (RJ). Na capital gaúcha, o bairro de sua infância e adolescência foi o Moinhos de Vento, tendo estudado no Colégio Bom Conselho.

Mônica casou-se com o advogado Luiz Alexandre Markusons e têm três filhos: Juliana, Marcelo e Felipe. Hoje é avó de quatro netos. Durante 15 anos, foi empresária do ramo da moda e teve a primeira pronta-entrega de roupas femininas do Rio Grande do Sul. Em 1992, iniciou na vida política como “assessora da assessora”, como lembra. Durante 12 anos e antes da Lei Antinepotismo, foi funcionária do gabinete do vereador Pedro Américo Leal, passando por todos os cargos hierárquicos. Em 2004, seu pai resolveu não mais concorrer a vereador e fez da filha sua herdeira política.

Formada em Jornalismo pela Pucrs e pós-graduada em Ciência Política pela Ulbra, Mônica candidatou-se e assumiu uma cadeira de suplente na Câmara Municipal de Porto Alegre. Em 2006, foi convocada pelo Partido Progressista (PP) para ser candidata a senadora, conquistando 854.700 votos. Com a eleição da governadora Yeda Crusius, aceitou o convite para a ser secretária da Cultura do Estado.

Em 2012, novamente concorreu a vereadora de Porto Alegre, ficando na suplência, mas assumiu uma cadeira devido à saída de vereadores de sua coligação para secretarias. Disposta a continuar trabalhando pela população porto-alegrense, nas eleições de 2016, tornou-se a candidata mais votada do seu partido e da coligação vencedora, com 7.254 votos.

Em 2018, Mônica atuou como 1ª vice-presidente da Câmara, tendo inclusive assumido a presidência, interinamente, por mais de uma vez. Assume a presidência da Casa em 2019, sendo a quarta mulher a comandar o Legislativo em seus 245 anos de história e a primeira do PP.

Texto: Milton Gerson (reg.prof. 6539)
          Cibele Carneiro (reg. prof. 11.977)
          Claudete Barcelos (reg. prof. 6481)
           Bruna Schlisting Machado (estagiária de Jornalismo)
Edição: Claudete Barcellos (reg. prof. 6481)

 

Tópicos: Mesa Diretora 2019posseMônica Leal (PP)