Rádio Câmara

Quem Somos
PLENÁRIO

Diretora da Divisão de Proteção à Mulher recebe título de Cidadã

  • Periodo de Comunicações em Homenagem ao mês do escoteiro - Vereador Alvoni Medina
    Vereador Alvoni Medina (REP) (Foto: Isabelle Rieger/CMPA)
  • Período de Comunicações Temáticas para apresentação do trabalho desenvolvido pela Delegacia de Proteção ao Idoso de Porto Alegre. Na foto: a delegada Cristiane Pires Ramos
    Cristiane Ramos participou de Período de Comunicações em 2019 (Foto: Leonardo Contursi/CMPA)

A diretora da Divisão de Proteção à Mulher da Polícia Civil gaúcha, delegada Cristiane Machado Pires Ramos, vai receber o título de Cidadã de Porto Alegre. A decisão foi tomada, por unanimidade, pelos vereadores, na tarde desta quarta-feira (25/5). A proposta, do vereador Alvoni Medina (REP), foi assinada por outros 16 vereadores de outros 11 partidos. Nascida há 40 anos, em Santiago, na região Central do Estado, a homenageada fez Direito em Santa Maria e chegou à Porto Alegre em 2012, mas, se destacou, mesmo, frente à Delegacia de Proteção ao Idoso, de 2019 a 2022. Conseguiu aumentar em 25% os registros de violência contra esta população, a compra de uma viatura adaptada para atender aos idosos em casa e equipamentos audiovisuais para aumentar o número de palestras visando a prevenção dos delitos. No ano passado, cumpriu mandatos de busca e apreensão em 20 abrigos, asilos e casas de repouso, e apurou cerca de 1,3 mil denúncias. Desde o dia 4 de abril ocupa o cargo de diretora da Divisão de Proteção à Mulher, responsável pela coordenação do trabalho das delegacias especializadas de Bento Gonçalves, Canoas, Caxias do Sul, Cruz Alta, Erechim, Gravataí, Ijuí, Lajeado, Novo Hamburgo, Passo Fundo, Pelotas, Porto Alegre, onde é a titular, Rio Grande, Santa Cruz do Sul, Santa Maria, Santa Rosa e São Leopoldo.  Participou, ainda, do conselho de ética da associação dos delegados, foi eleita vice-presidente do conselho estadual da pessoa idosa, representou a região Sul no comitê de combate a violência contra idosos do Ministério da Justiça, e a polícia civil no comitê de proteção ao idoso do Tribunal de Justiça. De 2003 a 2012, ocupou o cargo de oficial de diligências no Ministério Público. Atuou, também, em delegacias de pronto atendimento da região metropolitana e no primeiro núcleo de mediação de conflitos da Capital.    

Texto

Joel Ferreira (Reg. Prof. 6098)

Últimas Notícias

Câmara Entrevista