- Atualizada em 29/03/2018 09:37

Cece leva demandas públicas à Smams

  • Vereadores da CECE visitam Secretário Municipal do Meio Ambiente e Sustentabilidade. Na foto, o secretário Maurício Fernandes (e) e os vereadores Tarciso Flecha Negra, Reginaldo Pujol e Alvoni Medina.
    Secretário Maurício Fernandes (e) ouviu demandas trazidas por Tarciso Flecha Negra, Reginaldo Pujol (c) e Alvoni Medina(Foto: Luiza Dorneles/CMPA)
  • Vereadores da CECE visitam Secretário Municipal do Meio Ambiente e Sustentabilidade.
    Vereadores da CECE visitam Secretário Municipal do Meio Ambiente e Sustentabilidade.(Foto: Luiza Dorneles/CMPA)

A Comissão de Educação, Cultura, Esporte e Juventude (Cece) visitou, nesta terça-feira (13/03), a Secretaria Municipal do Meio Ambiente e da Sustentabilidade de Porto Alegre. A visita teve por fim entregar demandas de vereadores e da população ao secretário municipal do Meio Ambiente e Sustentabilidade, Maurício Fernandes.

O vereador Reginaldo Pujol (DEM) encaminhou solicitação junto à Secretaria, a fim de reativar uma praça no Bairro Três Figueiras, a qual foi nomeada em homenagem a um amigo seu. Segundo Pujol, o local foi adotado pelo Grupo Zaffari, recebendo cercas. “O portão era para ser aberto de dia e de noite, mas isto não está mais acontecendo”, ressaltou. Em seu pedido, destacou a necessidade de sua reabertura e da instalação da placa com o nome do homenageado.

Tarciso Flecha Negra (PSD) falou de um projeto que será assinado pelo prefeito Nelson Marchezan Júnior a respeito da Rua dos Andradas, no Centro Histórico, no dia 26 de março. De acordo com o vereador, a proposta transfere a responsabilidade sobre as calçadas para os empresários dos respectivos estabelecimentos ali instalados. “Se cada um fizer a sua parte, vamos ter a Porto Alegre que nós queremos, com menos violência e mais saúde e educação”, disse o vereador.

Alvoni Medina (PRB) lembrou que as condições de trânsito de pedestres na Capital são dificultadas por árvores e demais vegetações em locais inadequados. “As pessoas ficam com medo e estão nos cobrando; a gente tem que dar essa atenção”, afirmou ele.

Ainda foram citadas demandas de ocupação do entorno da Arena do Grêmio e da construção de um centro esportivo em uma praça na Cidade de Deus. Em relação a esta última, o secretário afirmou que Smams tem uma equipe com arquitetos autorizada a fazer o projeto, com gastos internalizados nos custos da Secretaria.

Secretário

Em resposta aos pedidos, Maurício Fernandes esclareceu algumas questões sobre a Secretaria e suas capacidades e deveres. Segundo ele, a parte operacional do antigo DEP, da Smam e do DMLU foi encaminhada para a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (SMSUrb). Desta forma, esclareceu que a agenda sobre a adoção de praças é de responsabilidade da Smams, enquanto o serviço de capina, não.

De acordo com ele, das 650 praças de Porto Alegre, 350 não são urbanizadas. “Precisamos de orçamento público para urbanizá-la. Com doações e adoções isto será possível”, declarou o secretário. Citou, também, uma licitação em andamento, que prevê que investidores assumam parques e praças da cidade, a fim de garantir a prestação do serviço público. “Essa forma de gestão é a que está ao nosso alcance.”

Texto: Adriana Figueiredo (estagiária de Jornalismo)
Edição: Carlos Scomazzon (reg. prof. 7400)