Plenário

Projeto institui uso de coleira eletrônica para assassino de animais

Vereador Rodrigo Maroni anuncia pré-candidatura à prefeitura da Capital pelo PR
Rodrigo Maroni (PR)(Foto: Leonardo Contursi/CMPA)

Está em tramitação na Câmara Municipal de Porto Alegre projeto de lei do legislativo nº 091/16, de autoria do vereador Rodrigo Maroni (PR), que pretende instituir a obrigatoriedade do uso de coleiras eletrônicas para assassinos e estupradores de animais. De acordo com o proponente, o projeto preconiza a diminuição de crimes cometidos contra os animais, bem como a valorização e a preservação de sua vida.

“A ideia em questão visa a identificar os assassinos e os estupradores de animais com a identificação de seu nome, o crime cometido e o número de vezes que foi praticado. As informações referidas ficarão gravadas, ostensivamente, na coleira eletrônica, de forma a identificar a pessoa como malfeitora dos animais, coibindo, assim, os assassinatos e os estupros”, ressaltou Maroni. “Trata-se de uma forma de abarcar e estigmatizar todos os malfeitores de animais, anunciando à sociedade seus crimes hediondos cometidos contra os inofensivos animaizinhos”, concluiu o vereador.

Texto: Mariana Kruse (reg. prof. 12088) 
Edição: Marco Aurélio Marocco (reg. prof. 6062)